Sobre Nós

Frank Götmark – Líder do projeto; professor de Ecologia Animal e a Biologia da Conservação, Universidade de Gothenburg 

frank.gotmark@bioenv.gu.se

Áreas de pesquisa:

  • Superpopulação e a ecologia humana.
  • Ecologia e a conservação de ecossistemas florestais em zonas temperadas.
  • Sistemas de reservas naturais e a política de conservação.
  • Florestas latifoliadas e sua administração em prol da biodiversidade e biocombustível.
  • A ecologia do carvalho (Quercus spp.): regeneração e a administração do seu espaçamento.
  • A biodiversidade menos conhecida: moluscos, insetos e criptógamos (em colaboração com outros pesquisadores).

Para ver suas publicações, clica aqui>>

 

Philip Cafaro – Pesquisador sênior, Autor; Professor de Filosofia na Universidade Estadual de Colorado em Fort Collins.

 philip.cafaro@colostate.edu; site: http://www.philipcafaro.com/

Áreas de pesquisa:

  • Ética ambiental
  • Assuntos de consumo e população
  • A preservação de terras selvagens
  • A criação de sociedades sustentáveis que respeitem os limites ao crescimento

Philip é docente associado da Escola de Sustentabilidade Global da Universidade Estadual de Colorado e um ex-presidente da Sociedade Internacional para a Ética Ambiental. Ele atuou como um editor literário para o jornal Biological Conservation (Conservação Biológico). Além de vários artigos académicos, Philip também escreveu, editou, ou coeditou os seguintes livros:

  • How Many Is Too Many? The Progressive Argument for Reducing Immigration into the United States (2015)
  • Life on the Brink: Environmentalists Confront Overpopulation (2012)
  • Virtue Ethics and the Environment (2010)
  • Environmental Virtue Ethics (2005)
  • Thoreau’s Living Ethics: Walden and the Pursuit of Virtue (2004)

Jenna Dodson – Pesquisadora assistente, Mestre em Estudos Ambientais

jenna.dodson@bioenv.gu.se

Jenna graduou da Universidade Commonwealth de Virgínia nos EUA em 2015. Ela estudou a ecologia reprodutiva aviária, especificamente o crescimento populacional em relação à disponibilidade de pesas aquáticas e terrestres. Mais recentemente, ela trabalho como um agente de expansão agroflorestal em Senegal. Jenna é especializada no plantio e manutenção de pomares de caju e manga para aumentar a segurança alimentícia de comunidade rurais.

Interesses

  • Assuntos globais – segurança alimentícia, superpopulação, mudança climática.
  • A dimensão humana na conservação.
  • Ecologia aviária.

 

Patrícia Andresz-Dérer – Pesquisadora assistente, Mestre em Biologia.

patri.derer.top@gmail.com

Possui mestrado em Biologia, com um foco na ecologia vegetal, na conservação e a biologia evolucionária e comportamental. Possui experiência em biologia rural e como pesquisadora da camada sub-bosque de florestas caducifólias da Hungria. Leciona aulas de russo.

Patricia graduou em 2016 da Universidade Eötvos Loránd (ELTE) em Budapeste, Hungria. Ela trabalhou em projetos de análise multi-propositais sobre a biodiversidade florestal na região Cárpatos de Hungria.

Interesses:

  • Conservação de florestas.
  • Ecologia florestal, particularmente de plantas vasculares.
  • Ecologia humana.
  • Assuntos globais – mudanças climáticas, superpopulação e a crise de biodiversidade.

 

Karl-Erik Norrman – Assessor Sênior, Mentor, Diplomata.

Diplomata para o governo sueco por mais de 30 anos, Karl-Erik serviu em Moscou, Beijing, Roma, Genebra e Sevilha, além de outros postos. Mais tarde, fundou o Parlamento Cultural Europeu (ECP, o único fórum interdisciplinar para trabalhadores nos setores culturais europeus). Como diplomata, trabalhou com a ajuda desenvolvimentista financeira internacional (por exemplo, para a Ásia), como representante sueco da UNHCR, FAO e o Programa Alimentar Mundial, e era o corresponsável pela ajuda sueca na ONU. Escreveu um livro em sueco sobre o crescimento populacional, seus malefícios e suas soluções. Mora entre Berlin e Estocolmo.

Para ver suas publicações, clica aqui>>

Carl Wahren – Assessor Sênior, Mentor, Profissional Independente de Organizações Políticas.

Depois de trabalhar durante alguns anos como professor assistente de Ciência Política e Política Internacional na Universidade de Estocolmo e na de Uppsala, Carl passou o resto de sua vida profissional trabalhando em assuntos globais como o desenvolvimento sustentável, acesso aos estoques de água e comida, dinâmicas demográficas e o status e papel das mulheres. Ele trabalhou na SIDA (uma agência desenvolvimentista na Suécia), na OCDE (em Paris), como o Secretário-Geral da IPPF (Federação Internacional do Paternidade Planejada, em Londres) e também como consultor no Fundo Populacional das Nações Unidas (UNFPA, em Nova Iorque)

Membro-Conselheiro fundador da Aliança Internacional de HIV/AIDS (Reino Unido), além de ser ativo em vários outros conselhos de ONGs internacionais, como a OMS (consultor), UNICEF (Membro do Conselho Nacional Sueco) e membro da Comunidade Científica – Equilíbrios e População (Paris).

Robert W. Gillespie – Assessor Sênior, Mentor

Sr. Gillespie é o fundador e presidente de Population Communication (Comunicação População). De 1964 a 1976, ele serviu como representante-residente do Conselho Populacional em Taiwan, província da China, Turquia e Irã e como consultor na Agência Sueca de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional, na Fundação Ford e na Fundação Rockefeller em lugares como Paquistão, Bangladesh, Índia, Indonésia, Egito, as Filipinas e Tailândia. Ele escreveu a Note Sobre a Estabilização da População (publicada pela UNFPA em 1994), assinados por 74 chefes de estado. Sr. Gillespie desenhou 181 normas sobre o planejamento familiar e política populacional, além normas de revisão usadas em programas de políticas desenvolvimentistas implementadas em 10 países.

Pesquisadores vinculados ao nosso projeto:

Jane O’Sullivan – Pesquisadora Sênior Honorária na Escola Agrícola e Ciência dos Alimentos na Universidade de Queensland, Austrália.

j.osullivan@uq.edu.au

Jane é uma pesquisadora multidisciplinar com interesse na proteção ambiental, ecologia humana e o desenvolvimento sustentável. Como cientista agrícola, durante 15 anos ele pesquisou a nutrição de colheitas e a administração da fertilidade de solos de vegetais tubérculos tropicais em países em desenvolvimento. Notando que o crescimento populacional tende a progredir mais rápido do que o aumento da produtividade agrícola, exacerbando a pobreza e os impactos sobre o meio-ambiente, ela mudou de foco para o fator da redução da fertilidade humana e os contextos sociais e as políticas/programas influenciando esse fator. Ela é ativa na defesa de políticas em prol da reação às mudanças climáticas, da economia de estado estacionário e do desenvolvimento sustentável.

Publicações recentes incluem:

  • Synergy between Population Policy, Climate Adaptation and Mitigation. Chapter 7 In “Pathways to a Sustainable Economy” (Eds M Hossain et al.) Springer International. (2017)
  • Population Projections: Recipes for Action, or Inaction? Population and Sustainability 1(1), 45-57. (2016)
  • Ageing paranoia, its fictional basis and all too real costs. In “Sustainable Futures: Linking Population, Resources and the Environment.” (Eds J Goldie and K Betts). CSIRO Publishing, Melbourne. (2014)
  • The burden of durable asset acquisition in growing populations. Economic Affairs 32(1), 31-37. (2012)

 

Karin Kuhlemann – Advogada e estudante de doutorado no Colégio Universitário de Londres.

karin.kuhlemann.11@ucl.ac.uk

Karin possui diplomas em Direito, Política e Biologia. Sua pesquisa no doutorado foca nos direitos humanos à procriação, e o escopo da legitimidade de políticas populacionais anti-natalista. Como parte de sua pesquisa, ele está elaborando uma abordagem nova, baseado na análise de interesses, que engaja com os assuntos largamente negligenciados dos conflitos morais e os limites aos direitos, com um foco voltado às consequências normativas de riscos no contexto do crescimento populacional insustentável.

 

Lucia Tamburino – Ecologista

lucia.tamburino@slu.se

Lucia possui um embasamento na Matemática e as Ciências Naturais. Ele possui um doutorado em Ecologia Florestal tem experiência na pesquisa pós-doutoral em SLU (Universidade Sueca de Ciências Agrícolas)

Seu caminho à preocupação sobre assuntos de superpopulação é embasado em seu interesse em sustentabilidade. Ela estudou as condições necessárias para um povoado atingir o equilíbrio, ou, inversamente, os fatores que acarretariam o seu colapso. Ela identificou a relação entre população e seus recursos como sendo um fator principal dirigindo a dinâmica de qualquer ecossistema. Lucia deu conta que a superpopulação é um dos fatores principais por trás de vários problemas globais (segurança alimentícia, mudança climática, perda de biodiversidade), e que o crescimento populacional ameaça todos o valor à humanidade acarretada pelos avanços tecnológicos. Além de pesquisar esses assuntos, ela tem interesse em disseminar seu conhecimento científico, para ajudar a quebrar o tabu acerca de tópicos populacionais.

Traduzido por Renato Whitaker

Contate-Nos!